Sobre Cecília Marshall

cecilia-marshall_sobreApesar de nascida no nordeste do Brasil, mais especificamente  na cidade de Teresina, estado do Piauí, passei minha infância e adolescência em Porto Alegre, capital do estado mais ao sul do Brasil.

Meus pais se separaram quando tinha sete anos. Um tempo depois meu pai veio a falecer. Nesta data, minha mãe sentindo-se sem condições de criar três filhos, encaminhou minha irmã mais nova para morar com nossos avós no nordeste e me enviou para morar com tios em São Paulo. Apenas um ano depois disso, voltei para Porto Alegre.

Estudei em escola pública. Sempre gostei de me dedicar aos estudos. Além de estudos, praticava muito esportes e tinha muitas responsabilidades em relação à rotina da casa: cozinhava, lavava roupas, limpava a casa e fazia compras do mês. Tive uma infância e pré adolescência extremamente duras. Mas segui com minha vida.

Estudei enlouquecidamente e acabei passando no vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.  Não havia a alternativa de fazer uma faculdade paga.

Inicialmente entrei em Engenharia Elétrica, não necessariamente por ser minha escolha por afinidade mas porque era o curso mais competitivo para se entrar. E eu sempre gostei de desafios. Mas logo vi que não seria possível cursar: precisava trabalhar para pagar minhas despesas e o curso de engenharia, em função de seus horários, não permitia.

Então, após um ano e meio cursando engenharia, minha mãe, que na época era assistente executiva do departamento de “Processamento de Dados” de um órgão público federal, comentou: “Por que não fazes Faculdade de Processamento de Dados? É uma profissão de futuro….” .

E foi assim, com esse comentário somado a eu ter amado cursar uma disciplina de programação na engenharia somado ao fato da Faculdade de Ciência da Computação ser noturna, lá fui eu prestar um novo vestibular e, felizmente, passei.

Trabalhava enlouquecidamente em desenvolvimento de sistemas durante o dia e cursava a faculdade à noite.

Escolher minha carreira na área de Tecnologia da Informação me permitiu construir  uma  trajetória positiva e me apoderar de minha vida para desenvolver um caminho único: um caminho de realizações de sonhos, de estar constantemente sendo desafiada.

Logo após minha formatura consegui um estágio remunerado pela AIESEC na IBM de Nova Iorque, EUA. Para viabilizar minha viagem, busquei empréstimos com pessoas conhecidas.

Após 18 meses, emendei outro estágio na IBM de Hamburgo, Alemanha. E não parei mais.

Após alguns anos trabalhando de volta no Brasil, ganhei bolsa de estudos integral e fiz Mestrado em Tecnologia Instrucional na Universidade de Bloomsburg, Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Tive diversas posições desafiadoras em diferentes áreas de empresas de tecnologia. Estou há 9 anos na SAP Brasil sendo os últimos 5 anos  em posição de liderança na área de Marketing.

Tenho uma filha linda, jogo tênis e adoro receber amigos em minha casa.

Ter uma carreira em TI abriu um mundo de possibilidades para mim. Pessoalmente, viajei para lugares que nunca imaginei ser possível, e eu posso dar a minha filha coisas que eu nunca tive quando criaça. Além disto e eu estou constantemente aprendendo, crescendo e sendo desafiada.

E agora eu estou em uma missão! Eu estou em uma missão para inspirar meninas de países emergentes como o Brasil para explorar uma carreira em TI.

Meu objetivo é dar esperança e mostrar as meninas que abraçar a tecnologia como carreira pode abrir um número infinito de possibilidades. E que os sonhos realmente podem se tornar realidade. Como os meus.