“Trabalhar em tecnologia é sinônimo de satisfação pessoal”, diz Adriana Valerio diretora de TI e Facilities na Dow

Sempre gostei de matemática na escola. Tanto que no colegial, atual Ensino Médio, fiz curso técnico em Processamento de Dados. Quando chegou o momento de decidir qual faculdade iria fazer, tinha dúvidas entre o curso de Tradução e Interpretação e Ciências da Computação.

 

Aí um tio me disse: “Ciências da Computação vai garantir um emprego. Primeiro você faz esta e, depois, faz Tradução e Interpretação”. Segui o conselho dele, mas acabei não fazendo a segunda faculdade. Fui trabalhar, fiz especialização em Administração Industrial e nunca mais saí da área.

 

Acredito que a mulher que encara a carreira em tecnologia como um desafio em sua vida será muito bem-sucedida. Esta é uma área desafiadora, mas nos sentimos poderosas, conhecedoras do mundo ao nosso redor. Fazer parte da criação do mundo tecnológico dá muito orgulho.

 

Para mim, trabalhar em tecnologia é sinônimo de satisfação pessoal. Estamos sempre nos atualizando, absorvendo novos conhecimentos. A mente não descansa e a palavra-chave que define a carreira é ATUALIZAÇÃO.

 

Na Dow, além de liderar a área de TI, também cuido de Facilities (responsável por manter as instalações da empresa, não somente gerenciando todos os serviços de terceiros, mas também garantindo segurança e conforto aos usuários). Nosso objetivo é aplicar ferramentas e facilidades tecnológicas que ajudem os funcionários a entregar suas responsabilidades de forma ágil e eficaz.

 

Trabalhar com TI e Facilities é um prazer para mim e facilita muitos projetos de novos escritórios. As duas áreas são dependentes uma da outra. Antes de estarem sob a mesma liderança, havia conflito, uma área apontando a outra para justificar suas pendências. Sob a mesma liderança, não existe mais isto. Acho incrível ter um mesmo time em sinergia trabalhando com diferentes ferramentas em prol de um objetivo comum.

 

Mas tive um grande desafio ao assumir estas duas áreas em 2015. Na mesma época, estava adotando meu filho que tinha 2 anos. Tive que conciliar o profissional e o pessoal ao mesmo tempo, mas encarei com coragem e toquei adiante. Não foi fácil, mas para uma mulher, nada é impossível, ainda mais depois que se torna mãe. Hoje, eu me tornei muito mais produtiva durante o horário comercial para poder ir para casa ficar com meu filho.

 

Para as meninas que pretendem trabalhar com tecnologia, eu sempre digo que é preciso ser apaixonada pelo que faz e trabalhar muito. As barreiras sempre podem ser superadas se você é persistente. Eu acredito que não há obstáculo que a mulher não possa quebrar.

 

Para saber mais sobre a Adriana Valerio, veja seu Linkedin:
https://www.linkedin.com/in/adriana-valerio-90339625/