O descobrir a cada dia algo que te surpreende. Este é um dos vários lados bons da carreira em tecnologia. Entrevista com Bianca Diel.

Olá!

Em 2015, durante um evento da SAP, empresa na qual trabalho, tive a oportunidade de conhecer Regina Pistelli, executiva da área de tecnologia e líder do Grupo CIO Solidário, com mais de 1000 membros, que tem como objetivo devolver para a Sociedade tudo o que alcançamos até aqui.  Gratidão.

No início deste ano contatei Regina objetivando engajar membros do grupo em nosso projeto #SerMulherEmTech. Regina prontamente apoiou a idéia e convidou executivas do grupo a compartilharem suas trajetórias.

Hoje então começaremos a publicar artigos sobre algumas mulheres deste grupo.

Nossa primeira entrevistada é a gaúcha, Bianca Hartleben Diel que com 21 anos saiu da cidade de Pelotas, localizada no sul do Rio grande do Sul e mudou-se para São Paulo, onde cursou a faculdade de Tecnólogo em Processamento de Dados na FAAP.

Bianca frequentava a faculdade pela manhã e trabalhava em uma empresa parceira da Microsoft à tarde. Passado um tempo, Bianca teve a oportunidade de trabalhar na Microsoft onde ficou por 8 anos. Durante a sua temporada na Microsoft, Bianca teve contato com grandes empresas e grandes talentos pois atuava no time de consultoria. No time em que atuava, eram 4 mulheres em um time de aproximadamente 40 profissionais.

Atualmente Bianca é Gerente de Tecnologia da Informação da Leão Alimentos e Bebidas, Grupo Coca-Cola e engarrafadores.

Vamos conhecer um pouco mais a Bianca?

Bianca, qual é sua Formação Acadêmica?

Tecnólogo em Processamento de Dados – FAAP

Porque escolheu uma carreira na área técnica? Teve influência da família?

Lembro do meu primeiro encontro com um computador: um modelo TK95. Meu pai não tinha condições de comprar e eu pensei: “ainda vou entender como isto funciona”. Meu pai militar e minha mãe professora nem imaginavam o porquê meus olhos brilhavam, ambos agnósticos aquela “máquina estranha”.

1. O que a fez se interessar pela área de tecnologia?

As inúmeras possibilidades que a tecnologia da informação pode contribuir com a evolução e facilidade do cotidiano na vida de pessoas e empresas. A ruptura do complicado para simplificar, a magia de estarmos presentes mesmo distantes e por aí vai.

2.  Na sua visão, qual é o lado positivo de ter carreira em tecnologia?

O descobrir a cada dia algo que te surpreende.

3. Diga uma palavra que define a carreira em tecnologia.

Inovação.

4. Na sua visão, qual é o lado negativo ter carreira em tecnologia?

Ainda não sei.

5. Como é a carreira em tecnologia para mulheres?

Em todos os lugares que trabalhei 20% ou menos eram mulheres, então não é fácil, temos que nos provar ainda mais a cada dia.

6. O que diria para meninas em relação a seguir carreira em tecnologia?

Para quem gosta, não desista. Independente do mercado ainda ser na maioria predominante por homens, nós mulheres estamos conquistando nosso espaço e com nossos grupos nos fortalecendo e mostrando que além de tão competentes somos unidas.

7. O que, em sua trajetória profissional, considera especial e que gostaria de compartilhar com as meninas?  

Lembro do lançamento do Windows 95, que mundialmente aconteceu em 24 de agosto de 1995… foi lá que tudo começou. Na minha faculdade existia um mural para quem quisesse participar da feira de lançamento e cada stand tinha uma revenda Microsoft. Eu me ofereci e fui lá apresentar o Windows 95 em um dos stands. O dono da empresa ficou surpreso com meu desprendimento e energia e me convidou para trabalhar na empresa.

Depois de algum tempo, meu trabalho foi reconhecido e fui chamada para trabalhar na Microsoft, o sonho de muitos profissionais. Fiquei na Microsoft durante 8 anos.

Durante esta época, conheci pessoalmente Bill Gates e Steve Ballmer.

Quem diria que aquela “guria” do interior do RS, que se encantava ao ver um TK95, estaria ao lado de um dos maiores gurus de tecnologia do mundo e trabalhou para ele?

Acredite no seu potencial e não desperdice as oportunidades para aumentar seus conhecimentos, pois é nelas que podem surgir grandes conquistas.